Literatura Introdutória em Português

 

Existem inúmeros livros e artigos que tratam sobre Norbert Elias e sua sociologia, bem como produções que se valem das noções desenvolvidas pelo autor na teoria dos processos civilizadores para estudar empiricamente diferentes fenômenos sociais no interior de figurações. Sendo impossível apresentar no site todas as publicações que lhe dizem respeito, foram elencados alguns critérios de seleção:

1. Literatura sobre a sociologia de Norbert Elias, incluindo obras que fornecem introduções e interpretações de seu trabalho;

2. Literatura sobre a vida de Norbert Elias, incluindo escritos autobiográficos e representações históricas;

3. Principais publicações de Norbert Elias, particularmente exemplares para a compreensão de sua sociologia;

Essa bibliografia, no entanto, deve ser compreendida como um esforço inicial necessário para uma leitura independente mais aprofundada. Muitos dos estudos de Elias e, principalmente, de outros pesquisadores que, ao lado ou depois dele, contribuíram para o desenvolvimento da teoria dos processos civilizadores ainda não foram publicados em português.


Literatura sobre a sociologia de Norbert Elias:

GEBARA, A.; COSTA, C. J.; SARAT, M. (orgs.). Leituras de Norbert Elias: processo civilizador, educação e fronteiras. Maringá: Eduem, 2014.

SARAT, M & SANTOS, R. Sobre Processos Civilizadores: diálogos com Norbert Elias. Dourados, Ed. UFGD, 2012.

QUINTEIRO, T. Processo civilizador, sociedade e indivíduo na teoria sociológica de Norbert Elias. Belo Horizonte: Argvmentvm, 2010.

GARRIGOU, A.; LACROIX, B. (orgs.). Norbert Elias: a política e a história. São Paulo: Perspectiva, 2010.

GEBARA, A.; WOUTERS, C. O controle das emoções. João Pessoa: Editora Universitária da UFPB, 2009.

GOETTERT, J & SARAT, M. Tempos e espaços civilizadores: diálogos com Norbert Elias. Dourados, Ed. UFGD, 2009.

BRANDÃO, C. F. Os processos de civilização e o controle das emoções. Bauru-SP: EDUSC, 2007.

LEÃO, A. B. Norbert Elias & a Educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

CARVALHO, A. B.; BRANDÃO, C. F. Introdução à sociologia da cultura: Max Weber e Norbert Elias. São Paulo: Avercamp, 2005.

GEBARA, A. Conversas sobre Norbert Elias: depoimentos para uma história do pensamento sociológico. Piracicaba, SP: Biscalchin Editor, 2005.

BRANDÃO, C. F. Norbert Elias: formação, educação e emoções no processo de civilização. Petrópolis: Vozes, 2003.

HEINICH, N. A Sociologia de Norbert Elias. Bauru, SP: EDUSC, 2001.

WAIZBORT, L. (org.). Dossiê Norbert Elias. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2001.

 
Literatura sobre a vida de Norbert Elias
ELIAS, N. Norbert Elias por ele mesmo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2001.

 

Principais publicações de Norbert Elias

1. ELIAS, N. A sociedade de corte. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

Neste livro encontram-se as primeiras observações teórico-empíricas que deram bases para o desenvolvimento da teoria dos processos civilizadores. Esse trabalho foi descrito por Elias como seu “livro mais bonito”. Usando a corte francesa, examinou as relações de poder no regime absolutista, em especial os mecanismos sociais usados pelo rei para manter o controle de seu país.

2. ELIAS, N. Introdução à Sociologia. Lisboa: Edições 70, 2015.

Este livro fornece uma introdução básica à perspectiva sociológica de Elias, apresentando sistematicamente seus principais conceitos.

3. O processo civilizador

Tomo 1: ELIAS, N. O processo civilizador: uma história dos costumes. Rio de Janeiro: Zahar, 2011. 2ª ed.

Tomo 2: ELIAS, N. O processo civilizador, volume 2: formação do Estado e civilização. Rio de Janeiro: Zahar, 1993.

O processo civilizador é considerado o principal trabalho de Elias.

4. ELIAS, N. A sociedade dos indivíduos. Rio de Janeiro: Zahar, 1994.

Este trabalho contém três longas contribuições das décadas de 1930, 1950 e 1980, abrangendo fases distintas da vida e interpretação sociológica do autor. Apesar dos períodos distintos de escrita, existe uma continuidade de conteúdo impressionante. Respostas encontradas por Elias se mostram atemporais porque tão relevantes hoje quanto eram oitenta anos atrás.

5. ELIAS, N. SCOTSON, J. L. Os estabelecidos e os outsiders: sociologia das relações de poder a partir de uma pequena comunidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2000.

Juntamente com seu aluno Scotson, Elias investigou as interdependências em uma pequena comunidade inglesa. O que inicialmente poderia parecer sem importância tornou-se um estudo universal da humanidade: perceberam que no interior das figurações existem figuras estabelecidas, que estigmatizam grupos possuem características distintas das suas – sendo essa uma qualidade fundamental da sociedade.

– Demais livros publicados em português:

ELIAS, N. Escritos & ensaios. Vol. 1: Estado, processo, opinião pública. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 2006.

ELIAS, N. A peregrinação de Watteau à ilha do amor: seguido de Seleção de textos sobre Watteau. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005.

ELIAS, N. A solidão dos moribundos, seguido de Envelhecer e morrer. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2001.

ELIAS, N. Envolvimento e Alienação. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998.

ELIAS, N. Sobre o Tempo. Rio de Janeiro: Zahar, 1998.

ELIAS, N. Os Alemães: a luta pelo poder e a evolução do habitus nos séculos XIX e XX. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1997.

ELIAS, N. Mozart, sociologia de um gênio. Rio de Janeiro: Zahar, 1995.

ELIAS, N. Teoria simbólica. Oeiras: Celta, 1994.

ELIAS, N. DUNNING, E. A busca da excitação. Lisboa: DIFEL, 1985.

ELIAS, N. A condição humana. Lisboa: DIFEL, 1985.

Como é possível observar por meio das obras relacionadas, além de outras ainda não traduzidas, Elias escreveu vários livros e artigos que são de particular importância para o estudo de diferentes fenômenos sociais. O esporte, a música, a arte, a história alemã, a poesia, a sociologia do conhecimento e o significado da morte são alguns exemplos.